Funcionários engajados podem melhorar em 20% a rentabilidade da empresa

Por Juliane Yamaoka, gerente da Efix
O engajamento dos colaboradores deixou de ser uma preocupação exclusiva do setor de RH e se espalhou por toda a organização.

 

Saiba por que usar treinamentos como ferramenta de engajamento

Por Juliane Yamaoka, gerente geral da Efix
Cada vez mais organizações brasileiras estão construindo ou aprimorando seus programas de treinamento e desenvolvimento de talentos para qualificá-los, especialmente diante

 

Carreira dinâmica exige novas experiências de treinamento e aprendizado

Por Juliane Yamaoka, gerente geral da Efix
Hoje 83% dos executivos classificam carreira e aprendizado como questões importantes ou muito importantes.

 

Melhore a gestão de desempenho usando a gamificação

Por Juliane Yamaoka, gerente geral da Efix
 O modelo de gestão de desempenho adotado por várias empresas – com foco em poucos feedbacks e avaliações subjetivas—já não funciona mais.

 

Caso Uber mostra que comportamento precisa fazer parte da avaliação de performance

Por Juliane Yamaoka
No final de junho último, o CEO da Uber, Travis Kalanick renunciou ao seu cargo depois de uma série de episódios envolvendo seu próprio comportamento e os do seu time.

 

Quanto custa demitir alguém?

Por Juliane Yamaoka, gerente-geral da Efix
Na hora da demissão, os gestores costumam considerar apenas os custos diretos relativos ao desligamento do profissional – mas existem também impactos no time, e na cultura o

 

Depois do furacão: como estimular o engajamento após a crise

Por Roberto Ventura, CEO da Efix
De 2016 pra cá, as empresas têm enfrentado um quadro difícil, com a demissão de um número grande de funcionários para driblar a crise.

 

Como as empresas desassociam desempenho e remuneração

Por Juliane Yamaoka
Nas empresas brasileiras, o dinheiro ainda é o principal elemento motivador dos funcionários.

 

Três tendências em gestão de desempenho para 2017

São Paulo, janeiro de 2017 – Os feedbacks regulares e o foco nas conquistas dos funcionários em termos de desenvolvimento e aprendizado deverão ser as principais tendências em gestão de desempenho para 2017.

 

Por que a liderança vai continuar sendo tendência em 2017?

Por Juliane Yamaoka*
A liderança tem tudo para continuar sendo uma grande preocupação entre líderes de RH e de negócios ao redor do mundo, com empresas mais centradas em times e na identificação e no desenvolvimen

 
 


Conecte-se à Efix:

Efix, Brasil

+ 55 (11) 3044 4349

Efix, EUA

+ 1 (586) 486 EFIx  
+ 1 (586) 486 3349