Pesquisa realizada pelo Management Agenda 2016 apontou que o planejamento de sucessão dos cargos mais altos é um dos três maiores desafios para 73% das empresas consultadas. Mais do que isso, 47% dos gerentes de RH afirmaram que não obtiveram sucesso em suas indicações para cargos importantes. Esses são sinais claros de que algo deve ser feito.

 

Mergulhe fundo para encontrar seu potencial humano

Você precisa procurar por toda a organização e não focar apenas na equipe júnior ou sênior. Preparação de talentos sempre foi sinônimo de buscar oportunidades para desenvolvimento formal nos estágios iniciais da carreira de um indivíduo, para que ele possa assumir papéis e cargos maiores no futuro. As empresas com maior sucesso nesse aspecto são as que combinam desenvolvimento formal com uma mente aberta para o acúmulo de experiências – por exemplo, um líder sênior que vai fazer uma apresentação e convida um funcionário júnior para ajudá-lo.

 

O crédito é merecido?

Com frequência, vemos CEOs sendo parabenizados por projetos bem-sucedidos quando a iniciativa foi tomada pelo seu antecessor. Com essa postura, perdemos a chance de ver se o líder atual realmente é competente.

CEOs dificilmente conseguem terminar o que começaram ou não a tempo para que os sócios possam avaliar as consequências das decisões que eles tomaram, e é por isso que líderes incompetentes muitas vezes passam impunes de um lugar para outro.

Assumindo outra dinâmica, com o planejamento de sucessão, surge a chance de fazer as coisas de maneira diferente.

 

Uma abordagem diferente

Um planejamento de sucessão requer um tratamento multifacetado porque o foco não deve ser apenas o CEO. Empresas devem equilibrar os talentos internos com inteligências descobertas fora da empresa. E isso inclui a liderança atual, que deve construir um networking e pode identificar os atributos necessários para o futuro.

A melhor estratégia é pensar no processo para todo o time sênior e desenvolver os talentos da empresa. O que vai fazer a diferença é o desenvolvimento de oportunidades, oferecendo chances de crescimento e construindo times robustos. Dessa maneira, empresas vão estar aptas a substituir funcionários de qualquer departamento, inclusive CEOs.

As plataformas da Efix podem ajudar sua empresa no desenvolvimento e planejamentos de sucessão eficientes e precisos, por meio da avaliação de competências e desempenho, além da gestão de cursos em formato presencial, eLearning ou híbrido.

 

Com HR Magazine

 

Voltar
 
 


Conecte-se à Efix:

Efix, Brasil

+ 55 (11) 3044 4349

Efix, EUA

+ 1 (586) 486 EFIx  
+ 1 (586) 486 3349