A Universidade de Harvard publicou um novo estudo feito por Michael Housman e Dylan Minor chamado “Toxic Workers” (trabalhadores tóxicos). Eles concluíram que, mesmo funcionários produtivos e talentosos podem ser prejudicados quando envolvem-se com comportamentos negativos, o que acontece constantemente em um ambiente de trabalho desfavorável.

Segundo reportagem da Harvard Business Review, evitar a contratação de um funcionário que traga problemas pode ser mais lucrativo do que a contratação de um profissional de alta performance.

Há muitos sinais de um ambiente de trabalho ruim, incluindo esses padrões que podem levar um bom funcionário para o olho da rua:

 

Sinal 1. Procure por grupos negativos e fofoqueiros

Um sinal claro são os funcionários descontentes demonstrando sua infelicidade. É fácil localizá-los – eles estarão reunidos após as reuniões para disseminar ideias negativas. São rápidos para a fofoca, mais rápidos ainda para crucificar a liderança e a direção da empresa.

Mantenha os olhos atentos: eles podem aproximar-se dos novos contratados para difamar alguém ou alguma coisa e espalhar sua insatisfação.

 

Sinal 2 . Preste atenção a funcionários sem energia ou desmotivados.

Isso geralmente indica uma cultura baseada no medo, onde não existe a prática do encorajamento e respeito encontrada em ambientes liderados por gestores fortes.

Uma cultura de trabalho tóxica não recebe bem seus funcionários para oferecer ideias criativas que contribuem com a empresa. Gerentes desprezam o valor dos seus funcionários quando os vê apenas como engrenagens de uma roda. Isso vai sugar a vida, energia e motivação dos seus empregados.

 

Sinal 3. Preste atenção a pessoas que escondem informações

É particularmente complicado quando o gerente faz isso. A verdadeira razão para esconder essas informações é a tentativa de manter o poder e o controle. E controle, em qualquer nível, ao redor de qualquer função ou entre o grupo é uma das maneiras mais eficazes de acabar com a confiança – é um forte sinal de um ambiente de trabalho tóxico.

O oposto é quando alguém – especialmente um líder – age com responsabilidade sendo transparente e dividindo informações para beneficiar o time todo.

 

Sinal 4. Procure por estilos de gerenciamento ditadores

A sensação de ser constantemente observado pelo gerente nunca é agradável. Esse tipo de gestor vai criar uma cultura de desconfiança onde não é seguro apresentar informações, oferecer ajuda ou trabalhar em colaboração. Acreditar nos seus colegas é um risco – eles podem realmente ser seus inimigos. E confiar no gerente é um suicídio na empresa.

 

Sinal 5. Veja a saúde das pessoas ir pelo ralo

Um ambiente de trabalho tóxico é estressante e nada sadio. Depois de um tempo as pessoas vão ceder e desenvolver doenças físicas (fadiga) e emocionais (depressão ou ansiedade). Quando muita gente fica desencorajada e frustrada em um lugar, você vai notar o crescimento da raiva, conflitos, irritabilidade e explosões frequentes, sem citar os dias de funcionários ausentes por doenças.

A Efix possui ferramentas de avaliação de desempenho e clima organizacional que podem ajudar na prevenção de diversos problemas, ajudando na retenção de funcionários e na construção de um ambiente mais agradável e produtivo.

 

Com Inc

Voltar
 
 


Conecte-se à Efix:

Efix, Brasil

+ 55 (11) 3044 4349

Efix, EUA

+ 1 (586) 486 EFIx  
+ 1 (586) 486 3349