Muitas vezes o feedback é confundido com uma bronca. Essa ferramenta porém, nada mais é do que uma forma de dar retorno sobre o trabalho do profissional, apontando os erros e os acertos, reforçar comportamentos positivos e também uma maneira de reconhecimento do trabalho ou elogio. Para a maioria dos líderes, há um desafio permanente em encontrar o tom adequado para dar um feedback com o objetivo de colher os resultados que deseja.

Segundo análises do psicólogo americano, Abraham Maslow, a produtividade está diretamente ligada à motivação pessoal e saber identificar o que motiva cada funcionário e utilizar no planejamento do feedback é fundamental para garantir a eficiência que deseja na gestão de pessoas. Maslow classifica quatro fatores que motivam as pessoas, sendo eles:

1. Monetário – Está relacionado aos ganhos, a remuneração sobre o trabalho, como salário, benefícios, comissão, bônus e outros mecanismos de recompensa monetária;

2. Segurança / Conforto – Tem relação com a estabilidade e as regras claras da situação da Empresa, assim como bem estar físico, instalações e equipamentos adequados, bom ambiente de trabalho e “baixa pressão” por resultados, quando estes são considerados muito difíceis ou inatingíveis pela equipe;

3. Conhecimento – É todo conhecimento que a empresa proporciona por meio de treinamentos e pelo aprendizado informal que se adquire durante o período de atividades no trabalho e que é um fator de empregabilidade futura;

4. Reconhecimento – É como a empresa ou o líder proporciona aprovação social ao indivíduo: elogios públicos, promoções, o compartilhamento do sucesso e a visibilidade social.

Além da motivação, existe outro fator muito importante no processo do feedback: o ambiente corporativo, onde estão inseridos equipes e líderes. Esse ambiente dentro da empresa é o responsável por caracterizar o erro como um aprendizado e traçar novas metas corporativas.

O gestor deve saber que tão importante quanto fazer um feedback é também recebé-lo quando preciso. E o mais importante é não ter medo das consequências de um feedback ou da resposta que ganhará de sua equipe.

Voltar
 
 


Conecte-se à Efix:

Efix, Brasil

+ 55 (11) 3044 4349

Efix, EUA

+ 1 (586) 486 EFIx  
+ 1 (586) 486 3349