As organizações já perceberam que o seu maior diferencial no mercado são as pessoas. Mesmo competindo em recursos materiais, jamais poderão competir em Recursos Humanos. Com essa forte tendência, os profissionais qualificados estão optando por trabalhar em empresas que ofereçam a possibilidade de crescimento e que possua um ambiente agradável e uma comunicação aberta.

A retenção de talentos é uma ação estratégica que exige que a empresa conheça a fundo o que, de fato, acontece no dia a dia dos colaboradores e mais do que isso, permite identificar as reais necessidades do capital humano. Isso tem feito com que as empresas estejam sempre em busca de melhorias, tanto salariais quanto bonificações e também no âmbito de trabalho, para oferecer aos seus profissionais um ambiente confortável para que eles consigam ter melhor rendimento nas suas atribuições. Para que isso aconteça é imprescindível avaliar constantemente o clima organizacional.

Uma ferramenta utilizada para verificar a qualidade do clima organizacional é a pesquisa de clima, que possibilita o levantamento dos aspectos positivos e negativos da organização, que motivam ou desmotivam seus funcionários. E isso para a gestão da organização é muito bom, uma vez que é possível identificar essas necessidades para oferecer aos funcionários um ambiente que reflita suas expectativas, influencie positivamente na motivação e no rendimento durante as atividades, o que reflete consequentemente, na lucratividade da empresa, pois profissionais satisfeitos geram clientes satisfeitos e com isso a empresa se destaca no mercado.

Para os colaboradores, a pesquisa representa uma oportunidade para que expressem seus pensamentos e sentimentos em relação à empresa. Portanto, analisar e manter a qualidade do clima organizacional auxilia, consideravelmente, a retenção de bons profissionais, pois demonstra o interesse da organização em oferecer o melhor ambiente possível para seus colaboradores exercer suas atividades.

Back
 
 


Connect to Efix:

Efix, USA

+ 1 (321) 200 0084