O RH deve ser uma ponte entre os interesses da empresa e seus profissionais. Para isso, é preciso que a área tenha completa compreensão a respeito dos produtos e serviços da organização, bem como das metas da empresa e de cada setor individualmente. Uma área moderna de Recursos Humanos deve ser atuante, abrangendo múltiplas responsabilidades, a começar pelos aspectos estratégicos da gestão de pessoas.

O RH, como parceiro de negócios das diversas áreas da empresa, deve participar ativamente do desenvolvimento do plano estratégico empresarial. Mas, o que é trabalhar de forma estratégica para garantir o bom desenvolvimento da empresa? Ser estratégico é olhar para o futuro, enxergar ameaças e oportunidades que ainda não existem, é se preparar hoje para enfrentar e vencer os desafios de amanhã.

Para ser estratégico, o RH deve estar a frente do seu tempo e pensar na organização como um todo. Para isso, é preciso disponibilizar, na medida certa e no tempo certo, profissionais capacitados, qualificados, motivados e engajados nos planos de ação para atingir os objetivos e as metas determinadas pela empresa. Os negócios fluem melhor quando todos os profissionais se envolvem com os negócios da empresa e estão alinhados com a visão, produtos, serviços, processos, tecnologia, metas, mercado, concorrência, clientes e fornecedores.

As pessoas é que fazem a diferença para o negócio, apresentam propostas inovadoras e asseguram que uma organização se destaque frente à concorrência. A atuação efetiva do profissional de RH torna-se fundamental para o negócio, afinal é por meio dessa área que se identifica, por exemplo, quais os pontos fortes e fracos de uma gestão. Isso tem estimulado as empresas a verem a área de Recursos Humanos como um importante parceiro do negócio.

Mas, como o RH pode efetivar sua participação nas decisões estratégicas da organização? Confira no próximo post alguns fatores que estão diretamente relacionados ao RH estratégico.

Back
 
 


Connect to Efix:

Efix, USA

+ 1 (321) 200 0084