A desaceleração provocada pelo ano de 2014, que uniu a Copa do Mundo e as eleições presidenciais em um calendário apertado para os negócios, faz com que muitas organizações olhem para dentro de casa na hora de procurar soluções para aumentar a produtividade, diminuir custos e manter as equipes engajadas. É neste sentido que uma das principais estratégias é a implementação de um sistema eficaz de gestão do desempenho e análise de competências.

Segundo pesquisa exclusiva realizada pela Efix no primeiro semestre de 2014, e que ouviu a opinião de cerca de 250 profissionais de RH, ao menos 66% elegeu os sistemas de gestão de desempenho como a mais importante área para desenvolvimento de Recursos Humanos nos próximos dois anos.

Isso significa que uma parcela razoável das organizações brasileiras ainda não chegou na maturidade quando se trata de avaliação e gestão do desempenho. E quais são os benefícios em se ter uma ferramenta de gestão de desempenho? Veja os principais:

1. Saiba exatamente quem são os seus talentos: ferramentas de gestão de desempenho propiciam um mapa completo sobre quem são os talentos da empresa – aqueles profissionais que atingem uma performance excelente em termos de produtividade e engajamento com a cultura organizacional.

2. Crie uma meritocracia: uma meritocracia é um regime baseado no mérito individual. As pessoas são valorizadas e promovidas em função dos seus resultados e conquistas. Ao implantar a meritocracia há ganhos de produtividade e performance para a organização e ganhos na carreira e bonificação para os indivíduos de maior mérito. A sua implantação, no entanto, exige mudanças culturais e de comportamento e é fundamental o auxílio de um sistema para a apuração dos resultados individuais e o gerenciamento das complexas informações sobre pessoas.

3. Estimule a alta performance: ao estabelecer as metas de desempenho para a organização e para cada um dos profissionais, você estimula também o aumento da performance e desempenho – a clareza de informações que uma ferramenta de gestão fornece torna também mais fácil para o próprio profissional acompanhar sua evolução.

4. Garanta que todos estejam na “mesma página”: nem sempre dá para fazer uma reunião presencial com todo os colaboradores da empresa. Com uma ferramenta, você será capaz de informar e cascatear metas e objetivos para um grupo, ou para toda a organização, de forma clara e concisa.

5. Na nuvem e com segurança: talvez uma das informações mais sensíveis que você tenha dentro da sua organização são os dados sobre seus funcionários – principalmente no que tange a avaliações. Não é seguro e nem prático guardar nada em papel. Para você ter um sistema confiável, teria que investir em software e hardware. Ferramentas de avaliação de desempenho geralmente estão hospedadas na nuvem e já trazem consigo toda a segurança e sigilo necessários.

Com as ferramentas certas, é possível atravessar o momento de crise com uma equipe motivada, altamente engajada, e preparada para entregar valor durante um período crítico. A escolha é sua: você está preparado?

Back
 
 


Connect to Efix:

Efix, USA

+ 1 (321) 200 0084